Frente de Prefeitos negocia 30 milhões de doses da vacina russa Sputnik V

Frente de Prefeitos negocia 30 milhões de doses da vacina russa Sputnik V

O Consórcio Conectar, liderada pela Frente Nacional de Prefeitos, anunciou nesta terça-feira (13) a negociação da compra de 30 milhões de doses da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19. As tratativas estão sendo feitas com o Fundo Soberano Russo (RDIF). A estimativa do RDIF é que os primeiros lotes já sejam entregues em até três semanas após a assinatura de contrato. Aproximadamente 5 milhões de doses devem ser entregues entre maio e junho, enquanto as 25 milhões de doses restantes até dezembro. O consórcio é formado por mais de 2 mil municípios que representam cerca de dois terços da população do Brasil. O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu como prazo até o dia 28 de abril para a Anvisa tomar uma decisão sobre a importação temporária do imunizante.

Fonte: Brumado Urgente

Conquista: Bares e restaurantes poderão vender bebidas alcóolicas no fim de semana, diz secretário

Conquista: Bares e restaurantes poderão vender bebidas alcóolicas no fim de semana, diz secretário

Nesta terça-feira (13) o coordenador municipal do comitê de crise, Kairan Rocha, revelou que nos fins de semana estará liberada a venda de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes de Vitória da Conquista.

Fonte: Brumado Urgente

Brumado registra quatro óbitos por Coronavírus em 24h

Brumado registra quatro óbitos por Coronavírus em 24h

Nesta segunda-feira, 12, Brumado registrou 7.641 casos confirmados da Covid-19, o novo coronavírus. São 18.085 notificações. Entre os diagnósticos: 38 internações, 146 óbitos, 725 pacientes em tratamento e 6.770 recuperados. No momento, 90 pessoas aguardam resultado laboratorial e 9.249 foram descartados.

Fonte: Agora Sudoeste

Após denúncia, agentes da Polícia Federal visitam as reformas nas escolas de Brumado

Após denúncia, agentes da Polícia Federal visitam as reformas nas escolas de Brumado

Segundo informações que chegaram até a nossa redação, no dia de hoje (13), dois agentes da Polícia Federal de Vitória da Conquista, estiveram em Brumado visitando todas as escolas do município, para verificarem as reformas que veem sendo feitas com certa frequência por empresas terceirizadas. As visitas dos agentes foram discretas e sem chamar atenção, pois não estavam em viatura oficial ou fardados, porém, como eles precisaram se identificar na portaria das escolas, a notícia correu até os ouvidos dos empreiteiros, que segundo uma fonte que não quis se identificar, tem deixado todo mundo em pânico.

Após denúncia, agentes da Polícia Federal visitam as reformas nas escolas de Brumado

Segundo pesquisa feita pela AUCIB- Auditoria Pública Cidadã Baiana, ao longo dos últimos 10 anos a gestão do prefeito Eduardo Vasconcelos, já se gastou só com reformas nas escolas, mais de 40 milhões de reais, e mesmo assim as reformas não acabam nunca.

Após denúncia, agentes da Polícia Federal visitam as reformas nas escolas de Brumado

Há um clamor popular em Brumado pela atuação da PF no município, pois muitas denúncias foram feitas mas ainda não se tem resultados satisfatórios que comprovassem algum ilícito. Vamos confiar na ação da Polícia Federal e esperar por justiça!

Justiça aceita recuperação judicial da Samarco e suspende execução de dívidas por 6 meses

Justiça aceita recuperação judicial da Samarco e suspende execução de dívidas por 6 meses

A Justiça de Minas Gerais autorizou o pedido de recuperação judicial da mineradora Samarco, protocolado na última sexta-feira (9). Na decisão, o juiz Adilon Cláver de Resende, da 2ª Vara Empresarial de Belo Horizonte, ainda suspendeu por 180 dias todas as execuções de dívidas contra a empresa.

Joint venture da Vale com a BHP Billiton, a Samarco foi uma das responsáveis pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), que matou 19 pessoas e poluiu rios de Minas Gerais e Espírito Santo.

Segundo o Estadão, o juiz afirmou em decisão que a Samarco "merece ter preservado o exercício de suas atividades empresariais, a fim de que possa continuar a cumprir a função social e econômica que lhe incumbe."

“Não se pode deixar de lado o fato de que trata-se de uma das maiores recuperações judiciais do país, com passivo superior a R$ 50.000.000.000,00 (cinquenta bilhões de reais), e que envolve milhares de credores, discussões amplamente complexas sobre empréstimos e credores nacionais e internacionais, direito minerário, possível necessidade de reconhecimento no exterior de decisões judiciais, arbitrais e de mediação, todas brasileiras, direito ambiental, inúmeros termos de ajustamento de conduta com o Ministério Público, além de acordos para a reparação socioambiental”, apontou o magistrado.

Apesar da suspensão de execuçação de dívidas, a Samarco vai precisar apresentar demonstrativos de contas mensais enquanto perdurar a recuperação judicial, além da apresentação de um plano de recuperação em até 60 dias.

De acordo com a companhia, a recuperação judicial não terá impacto nas atividades operacionais e nem nas ações de reparação e compensação conduzidas pela Fundação Renova, responsável pela execução dos programas de reparação dos impactos socioambientais e socioeconômicos da tragédia do rompimento da Barragem do Fundão.

Fonte: Bahia Notícias

Bahia receberá 500 mil doses de vacinas contra Covid-19 na quinta-feira (15)

Bahia receberá 500 mil doses de vacinas contra Covid-19 na quinta-feira (15)

A Bahia vai receber uma nova remessa com 500 mil doses de vacinas contra a Covid-19 na quinta-feira (15). Nesta semana algumas cidades, inclusive Salvador, interromperam a aplicação das primeiras doses por falta de estoque do imunizante. A informação foi divulgada pelo secretário da Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, através de publicação no Twitter. Segundo o secretário, o Ministério da Saúde vai receber 6,3 milhões doses. Serão 3,8 milhões entregues pela Fiocruz e 2,5 milhões do Instituto Butantan. Na manhã desta terça-feira (13) Fábio Vilas-Boas fez críticas a indefinição da logística do Ministério da Saúde na entrega de doses das vacinas contra a Covid-19. Segundo o titular da Sesab, a falta de informações para os estados deixa os gestores “cegos”. Com a chegada de um novo lote, a capital baiana e outras cidades em que a imunização foi suspensa devem retomar a aplicação de primeiras doses.

Fonte: 97news

Igaporã: Secretário de Saúde é multado em R$ 50 mil por furar fila da vacina contra a Covid-19

Igaporã: Secretário de Saúde é multado em R$ 50 mil por furar fila da vacina contra a Covid-19

O Secretário de Saúde de Igaporã, Márcio Fagundes Fernandes, foi multado em R$ 50 mil por ter furado a fila de vacinação contra a Covid-19. O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) ajuizou uma ação de improbidade administrativa em seu desfavor. O órgão destacou que o prefeito afrontou os princípios da moralidade e da impessoalidade. “Valendo-se da posição de Secretário Municipal de Saúde, inseriu-se, a si próprio, em subversão à ordem de prioridade posta nos planos nacional e estadual e à margem de critérios objetivos, como figura preferencial na campanha de vacinação e recebeu, de órgão local de saúde pública, dose do escasso lote de imunizante entregue pelo Governo Federal, em afronta à impessoalidade e à moralidade. (...) diante dos indícios da prática de ato de improbidade pelo réu deve ser decretada a indisponibilidade de bens para garantir a satisfação do interesse público aqui tutelado, a decretação da indisponibilidade dos bens do requerido até o montante de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), equivalente a 10 (dez) vezes a remuneração do gestor”, sentenciou a juíza Adriana Silveira Bastos. Além de multa, o gestor foi impedido de tomar a segunda dose do imunizante. Em sua defesa, Márcio disse que se vacinou porque frequenta ambientes de risco por conta de atividades relacionadas à pasta.

Fonte: Achei Sudoeste

Butantan reduz quantidade de doses de vacinas em frascos e prejudica vacinação na Bahia

Butantan reduz quantidade de doses de vacinas em frascos e prejudica vacinação na Bahia

A vacinação contra a Covid-19 na Bahia está sendo prejudicada por um erro do Instituto Butantan, segundo informou nesta terça-feira (13) o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas. De acordo com ele, o governo estadual identificou que o instituto, responsável pela CoronaVac no Brasil, está enviando lotes com quantidade de doses inferiores ao descrito no rótulo. “Esse tem sido um problema muito grave. Inicialmente, os frascos vinham sendo envasados com dez a dose doses, na expectativa de que, havendo aspiração de quantidade um pouco maior, não houveses prejuízo para a população. Tem acontecido, por erro do Butantan, de vários frascos virem com menos de dez doses”, explicou Vilas-Boas. Para tentar minimizar os prejuízos, visto que cerca de 30 cidades baianas receberam doses a menos, o governo de Rui Costa (PT) está articulando um plano reserva. “Estamos tentando viabilizar para esses municípios que ficaram prejudicados a regulação dos 5% que temos de reserva para esse tipo de situação, de quebra de frasco, de extravio. E cobrando do Ministério [da Saúde] a reposição”, disse o secretário.

Fonte: Brumado Urgente

Municípios da BA notificam frascos de vacina com menos doses; Butatan diz ser 'falso'

Municípios da BA notificam frascos de vacina com menos doses; Butatan diz ser 'falso'

Pelo menos 30 municípios baianos já notificaram a Secretaria da Saúde (Sesab) sobre frascos da vacina contra a Covid-19 Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, com menos doses do que o previsto. A informação foi confirmada pelo secretário da Saúde Fábio Vilas-Boas nesta terça-feira (13) em entrevista ao Jornal da Manhã. Cada frasco deve conter 10 doses do imunizante. O conteúdo, de acordo com o Butantan, é de 5,7 ml de vacina. A dose aplicada em uma pessoa deve ser de 0,5 ml, o que deveria levar a uma sobra de 0,7 ml, o equivalente a uma dose extra. Mas o secretário afirma que as prefeituras tem reclamado do contrário, de que os frascos tem chegado com doses a menos. Vilas-Boas ressaltou que o problema vem sendo relatado também fora da Bahia e rebateu a justificativa do Butantan. O Instituto argumenta que o problema de perda de doses pode estar acontecendo no processo de aspiração do líquido dentro do frasco, e também no uso de seringas e agulhas não recomendadas. “O Butantan diz que o erro é das pessoas que estão aspirando mais doses, se tivesse ocorrendo ao longo desses três meses de vacinação, já teria identificado”, analisou Fábio Vilas-Boas. O Instituto Butantan, por sua vez, diz que “é falso informar que houve envase inferior a 10 doses na quantidade de cada frasco da vacina do Butantan contra a Covid-19”. “Aliás, os frascos reúnem 5,7 ml, que podem render até 11 doses (cada dose contém 0,5ml), autorizadas pela Anvisa. O Butantan faz a análise constante dos processos de produção e liberação dos lotes da vacina e reafirma seu compromisso com a qualidade, e com a quantidade, da vacina que mais tem salvado vidas no Brasil”, diz uma nota divulgada pelo órgão. A entidade ainda destacou como “muito importante” a aspiração correta das vacinas contidas em cada frasco. “O Butantan já produziu informes técnicos para orientar os profissionais da saúde a usarem essas doses extras”, traz a nota. Por fim o Butantan ainda afirmou que com o objetivo de deixar mais didática a informação, “vai atualizar a bula da Coronavac, adicionando um QR Code que vai direcionar para um vídeo demonstrativo e afim de explicar a forma correta de aspiração das doses.

Fonte: Brumado Urgente

Conquista: Prefeitura publica decreto que estende toque de recolher para 22h

Conquista: Prefeitura publica decreto que estende toque de recolher para 22h

A Prefeitura Municipal publicou nesta segunda-feira (12) o Decreto 20.929, de 12 de abril de 2021, que dispõe e institui novas medidas temporárias de prevenção ao contágio pela Covid-19 em Vitória da Conquista. O documento é válido de 13 a 26 de abril e estabelece que a partir das 22 horas está suspensa a locomoção ou permanência em vias, equipamentos, locais e praças públicas. Dessa forma, templos religiosos, transporte público, bares e restaurantes, academias de ginástica, comércio de rua, shoppings centers, feiras livres e prestadores de serviços terão horários específicos para seu funcionamento: transporte público coletivo – 05h às 22h; prestação de serviços – 08h às 18h; academias, com exceção de aulas coletivas – 06h às 21h; comércio de rua – 09h às 19h (segunda a sexta-feira) e 08h às 12h (sábado); bares, restaurantes e congêneres – até às 21h; shopping centers – 10h às 20h; serviços de delivery – até à 00h e atos religiosos litúrgicos, com capacidade máxima de lotação de 30% – até às 22h. Durante os finais de semana, fica terminantemente proibido o consumo de bebidas alcoólicas em vias, praças e locais públicos. Já as feiras livres, com quiosques e similares, poderão funcionar apenas para a venda de alimentos.

Fonte: Agora Sudoeste

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril

Trabalhadores informais nascidos em abril começam a receber hoje (13) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família. O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente. Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O calendário de pagamentos foi divulgado pelo governo no início do mês. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Fonte: Agora Sudoeste

Baixa eficácia da Coronavac é admitida pela China, que fala em mistura de vacinas

Baixa eficácia da Coronavac é admitida pela China, que fala em mistura de vacinas

A China reconheceu, neste sábado (10), que a eficácia da vacina CoronaVac, produzida no país para enfrentar a Covid-19, pode ser melhorada. Segundo o diretor dos Centros de Controle de Doenças da China, Gao Fu, o governo do país considera misturar as vacinas de Covid-19 produzidas por lá para aumentar a taxa de efetividade delas.

A Eficácia da CoronaVac chegou a ser avaliada em 50,4% por pesquisadores. O limite estabelecido por especialistas em saúde é de 50%. A mais eficaz, produzida pela Pfizer/BioNTech, tem taxa de 97%. No Brasil, o Instituto Butantan adquiriu o imunizante chinês, que já é aplicado na população. 

Estudos indicam que a mistura de vacinas, ou imunização sequencial, pode ser fator determinante no aumento da eficácia. Na Inglaterra, já se estuda a combinação entre o imunizante de Oxford/AstraZeneca com a Pfizer/BioNTech.

Uma das possibilidades citadas por Gao para mudar a estratégia seria a tecnologia de mRNA, utulizada na Pfizer/BioNTech. “Todos deveriam considerar os benefícios que as vacinas de mRNA podem trazer para a humanidade. Devemos seguir com atenção e não ignorar só porque já temos vários tipos de vacinas”, pontuou. 

Antes, ele havia questionado a segurança deste tipo de imunizante, pois eles estavam sendo utilizados pela primeira vez em pessoas saudáveis.

Porta-voz da Sinovac, Liu Peicheng entende os vários níveis de eficácia encontrados, e justifica que isso pode ocorrer por causa da idade das pessoas em estudo, os tipos de cepa analisados e outros fatores.

Vacinas da Sinovac e Sinopharm, além de terem vindo ao Brasil, foram exportadas para outros 21 países.

O imunizante que usa o processo de mRNA leva para o nosso organismo uma cópia de parte do código genético do vírus. A CoronaVac usa o vírus inativado e a vacina de Oxford usa o chamado vetor viral. 

Fonte: Brumado Urgente

Gestão de Terezinha Baleeiro deixa débito de INSS de mais de R$ 10 milhões para Malhada de Pedras

Gestão de Terezinha Baleeiro deixa débito de INSS de mais de R$ 10 milhões para Malhada de Pedras

A gestão da ex-prefeita Terezinha Baleeiro Alves Santos (PP), em Malhada de Pedras, a 39 km de Brumado, deixou um débito no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para o município no valor de R$ 10.494.528,51. Além disso, comprometeu diretamente o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) através da autorização para desconto direto nos repasses das cotas do dia 10/01, no valor de R$ 200.932,38, dia 10/02 no valor de R$ 240.187,42; 10/03 no valor de R$ 223.133,38 e 10/04 no valor de R$ 291.166,89. Tudo isso referente às competências dos meses 10, 11, 12 e 13° do ano de 2020. Desses valores comprometidos com o recurso do FPM, a gestão de Carlos Roberto Santos da Silva (PSD), o Beto de Preto Neto, pagou R$ 441.119,80 e parcelou o restante, ficando ainda R$ 9.515.708,48 referente às retificações de GFIP do período de 05/2017 a 09/2020 - o Município vinha declarando as GFIP’s desse período com valores menores, somente a parte de segurados, restando à parte patronal. E, agora, no período de 20/11/20 a 02/12/20, houve retificações de todo esse período, incluindo a parte patronal, mas que gerou um saldo devedor grande para o município. A ex-prefeita tentou parcelar o débito, mas a justiça não permitiu, porque encarou que a ex-gestora estaria querendo burlar a lei, visto que os valores pleiteados no parcelamento incluem contribuição previdenciária retida dos servidores públicos e não recolhidas, para as quais a ausência de repasse caracteriza crime de apropriação indébita, prevista no art. 168-A do Código Penal, e cujo parcelamento é expressamente vedado pelo art. 14, I, da Lei nº 10.522/021. Atualmente, o total do débito deixado pela ex-prefeita é de R$ 10.053.408,75, tendo em vista que a atual gestão municipal pagou R$ 441.119,80.

Fonte: Achei Sudoeste

Prazo para contestar auxílio emergencial negado termina nesta segunda

Prazo para contestar auxílio emergencial negado termina nesta segunda

O prazo para o cidadão que teve o pedido de Auxílio Emergencial negado termina nesta segunda-feira (12). Os pedidos devem ser feitos no Portal de Consultas da Dataprev, que fornece a relação de quem teve o benefício liberado em 2021.

A contestação, no entanto, não pode ser feita por qualquer beneficiário. Só pode pedir a reativação do benefício quem recebia o auxílio emergencial de R$ 600 ou a extensão de R$ 300 em dezembro do ano passado. O prazo para novos pedidos de benefícios acabou em 3 de julho do ano passado e não foi reaberto para a nova rodada.

O pedido de contestação pode ser feito após o trabalhador fazer a consulta no site da Dataprev, estatal que cadastra os dados dos beneficiários, e constatar que teve o benefício cancelado. De acordo com reportagem da Agência Brasil, caso o resultado dê “inelegível”, a própria página oferecerá a opção de “contestar”, bastando o trabalhador clicar no botão correspondente.

Fonte: Bahia Notícias