Vereador Rubens Araújo se reúne com Associação de Estoque e adjacências

Vereador Rubens Araújo se reúne com Associação de Estoque e adjacências

O Vereador Rubens Araújo esteve presente na associação de Moradores da Comunidade do Estoque e adjacências neste último domingo (13). Na oportunidade o parlamentar conversou com os moradores sobre a entrega do trator agrícola que irá atender mais de 80 famílias, proporcionando maior desenvolvimento socioeconômico nessa região. Também ouviu dos moradores reivindicações direcionadas à prefeitura de Brumado, sobre o patrolamento das estradas, indicação que Rubens já fez à prefeitura, mas a comunidade ainda não foi atendida.

Com voto de minerva da presidente, Câmara de Brumado aprova empréstimo milionário ao executivo

Com voto de minerva da presidente, Câmara de Brumado aprova empréstimo milionário ao executivo

Após ter colocado o projeto de lei de autoria da prefeitura de Brumado, através do prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), para contratar operação de crédito no valor de R$ 23 milhões junto à Caixa Econômica Federal (CEF) em única votação e caráter de urgência urgentíssima, a presidente do legislativo, vereadora Verimar Dias da Silva Meira (PT), com seu voto de minerva, aprovou a proposta de empréstimo, na sessão desta segunda-feira (14). A votação saiu novamente empatada em 7x7, sendo necessária a participação da petista para desempate do projeto. Este é o segundo projeto seguido que Meira vota a favor do poder executivo. O primeiro foi no último dia 31 de maio, quando Verimar rejeitou a retomada do Programa de Acesso Estudantil ao Ensino Superior (PAAES), que beneficiava os universitários. Para o projeto do empréstimo foram favoráveis Tiago Amorim (PP), Renato Teixeira (Sem Partido), Santinho (PSB), Lia Teixeira (PCdoB), Paulo César (PCdoB), Wanderly Nem (DEM), Palito (PP) e Verimar (PT). Sendo contrários: Beto Bonelly (PSB), Amarildo Bomfim (PSB), João Vasconcelos (DEM), Harley Lopes (Republicanos), Juvêncio Rubens (Podemos), Wanderley Boca (PDT) e Rey de Domingão (DEM).

Fonte: Achei Sudoeste

Brumado: Polícia investiga se incêndio no Ifba foi acidental ou de origem criminosa

Brumado: Polícia investiga se incêndio no Ifba foi acidental ou de origem criminosa

Na noite do último sábado (12), um incêndio foi registrado na área de vegetação localizada dentro do pátio do Ifba, em Brumado. Odiretor da unidade, professor Rui Santana, disse que, a princípio, o fogo teria sido causado por fogos juninos. “Não sabemos se esses fogos foram lançados acidentalmente ou se foi provocado para tal. Só a perícia vai dizer”, pontuou. Segundo o diretor, apenas a parte de vegetação foi consumida pelo fogo. A Polícia Militar foi acionada, bem como equipes de brigadistas de empresas locais, as quais conseguiram conter o fogo. Somente por volta de 00h30, as chamas foram totalmente debeladas. “As nossas instalações não foram atingidas, graças a Deus. Isso é muito importante. Lamentamos muito isso ter acontecido. É o nosso patrimônio. Não podemos deixar isso ocorrer em outras oportunidades ”, destacou. 

Fonte: Achei Sudoeste

Rui Costa diz que aulas presenciais devem voltar quando taxa de ocupação de UTI estiver abaixo de 80%

Rui Costa diz que aulas presenciais devem voltar quando taxa de ocupação de UTI estiver abaixo de 80%

O governador  da Bahia, Rui Costa declarou durante coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (14) que os principais indicadores para decidir quando as aulas presenciais retornarão são o número de ocupação de leitos de UTI e o contigente de casos ativos no estado. De acordo com informações do Correio da Bahia, ele ainda citou que se os dois caírem nos próximos meses, as aulas voltam. "Eu não vou esperar ter 75% da população vacinada, vamos ter aulas antes. Assim que baixar a taxa de ocupação e o número de contaminados, nós vamos voltar com as aulas, não dá mais pra esperar", disse o gestor municipal.  Perguntado sobre os números que o Governo tem como objetivo para ver como seguro um retorno às aulas presenciais, Rui disse que a meta já está estabelecida. "A ideia é que, se a gente conseguir voltar para um patamar de 8 ou 10 mil casos ativos e com uma ocupação abaixo dos 80%, tendo números estáveis. Não é um dia com 79% e outro com 80%. Só se a gente conseguir ficar uma semana inteira com os indicadores no patamar desejado, mas os dois números têm que cair juntos", explicou.

Fonte: Agora Sudoeste

Rui Costa inicia quarta Reforma da Previdência com medidas mais duras que Bolsonaro

Rui Costa inicia quarta Reforma da Previdência com medidas mais duras que Bolsonaro

Tramitam na Assembleia Legislativa da Bahia a PEC 163/21 e o PL 24.196/2021, que se constituem como mais uma Reforma da Previdência estadual, a quarta desde o primeiro mandato do governador Rui Costa. Nessa nova ofensiva contra as servidoras e servidores do Estado, o governo pretende instituir cláusulas de barreira de 10 anos para interferir nos cálculos do valor das aposentadorias, alterar a contribuição dos inativos com deficiência ou doenças incapacitantes e impedir o uso de regras de transição antigas mais brandas. Alguns pontos dos novos projetos são mais duros para os servidores baianos do que a Reforma da Previdência do governo Bolsonaro.

Cláusulas de barreira

As mudanças de carga horária serão consideradas a partir da média dos 10 anos antes do requerimento da aposentadoria. A situação pode reduzir aposentadorias dos docentes que realizaram mudança de regime de trabalho e pretendem se aposentar antes do período estipulado na cláusula de barreira. Nesses casos, o cálculo será feito a partir da média dos últimos 10 anos ou durante todo período de contribuição, se for mais benéfico ao servidor, mas não inclui a gratificação com tempo inferior a 10 anos.

O mesmo procedimento de cálculo a partir da média dos últimos 10 anos está previsto para as gratificações vinculadas a desempenho, produtividade e similares. Para professoras e professores das Universidades Estaduais da Bahia isso pode atingir quem recebe adicional de produtividade e insalubridade, por exemplo. A cláusula de barreira dos 10 anos também abarca outros tipos de gratificação, como o adicional de titulação.

Estas alterações que estipulam o prazo dos últimos 10 anos para contabilização de direitos na aposentadoria não estão presentes na Reforma da Previdência do governo Bolsonaro (EC 103/2019). Portanto, a decisão de restringir direitos aos servidores com tais medidas não se trata de uma imposição judicial de conformidade com a Reforma federal.

“É ultrajante que nós, servidores públicos da Bahia, enfrentemos mais uma Reforma da Previdência, especialmente em uma realidade de congelamento salarial. Rui Costa se diz contra Bolsonaro, mas na prática ataca o funcionalismo de forma ainda mais violenta. Podemos dizer que Rui Costa é um vanguardista da retirada de direitos previdenciários no Brasil, já que diversas alterações previstas na PEC 163/21 não possuem paralelo nem mesmo na União”, afirma Alexandre Galvão, presidente da Adusb.

De acordo com a nota da assessoria jurídica da Adusb, as cláusulas de barreira atingirão “substancialmente quem já está no serviço público há mais tempo e que desejava se utilizar das regras de transição estabelecidas na EC 26/2020 para quem ingressou no Estado antes de 31/12/2013”.

Vale lembrar que o governo Rui Costa já havia sinalizado ao movimento docente a posição de implementação da cláusula de barreira dos 10 anos, quando propôs em 2019 a inclusão dela como imposição para liberação das mudanças de regime de trabalho. O que foi rechaçado pela categoria, por não abrir mão de direitos trabalhistas. Parte das mudanças de regime de trabalho dos docentes da UESB foram autorizadas pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) por meio de ação movida pela Adusb e estão em fase de implementação. Outras ações com o mesmo objetivo seguem em tramitação.

Mudanças para inativos

A PEC 163/2021 busca igualar a Bahia aos parâmetros da Reforma da Previdência Federal no que se refere à contribuição das pessoas com deficiência ou doenças incapacitantes aos demais servidores públicos. O projeto revoga o trecho que permitia contribuição apenas sobre as parcelas de proventos que superavam o dobro do limite máximo estabelecido para os benefícios do regime geral de previdência social.

Regras de transição

A última Reforma da Previdência da Bahia (EC 26/2020) estabeleceu regras de transição mais duras para aquisição de benefícios e para o próprio requisito da aposentadoria. Algumas associações de servidores públicos ingressaram com ação contra as mudanças e receberam limitar do TJ-BA com autorização para manutenção das regras presentes nas EC 41/03 e EC 47/05.

Para impedir que servidores sejam beneficiados com decisões deste tipo, a nova Reforma da Previdência pretende revogar completamente a utilização de regras de transição mais antigas, passando a adotar exclusivamente as que constam na EC 26/2020.

O governo Rui Costa pretende ainda fazer com que os efeitos da nova Reforma da Previdência da Bahia (PEC 163/2021) sejam retroativos à data da EC 26/2020. A nota da assessoria jurídica da Adusb considera que “esta mudança ao prever efeitos retroativos ofende frontalmente a garantia constitucional do direito adquirido e do ato jurídico perfeito, que estão previstas no art. 5º, inc. XXXVI, da Constituição Federal”.

Outros ataques

Além da PEC 163/2021, segue em tramitação na Assembleia Legislativa o PL 24.196/2021, que também altera o Regime Próprio de Previdência dos Servidores Públicos do Estado da Bahia. Na mensagem aos deputados de envio do projeto, o governo solicita que o mesmo tramite em regime de urgência. A assessoria jurídica da Adusb está realizando estudo sobre os possíveis ataques presentes no PL 24.196 e divulgará os resultados em breve.

A Adusb levará a pauta da Reforma da Previdência da Bahia para discussão no Fórum das ADs para deliberação de ações políticas e jurídicas conjuntas do movimento docente.  

Fonte: adusb.gov

Preço do gás de cozinha volta a subir nesta segunda (14)

Preço do gás de cozinha volta a subir nesta segunda (14)

O preço médio de gás de cozinha sofreu reajuste de 5,9% nas distribuidoras, passando para R$3,40 por quilograma (kg), o que representa aumento médio de R$ 0,19 por kg. A Petrobras anunciou o aumento na última sexta-feira (11) e o novo valor passa a ser aplicado a partir desta segunda-feira (14). Em maio, o preço do gás de cozinha subiu 1,24%, em média, em todo o Brasil, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Já o gás encanado teve aumento de 4,58%.

Fonte: Agora Sudoeste

Prova de vida pode ser feita sem sair de casa; veja como

Prova de vida pode ser feita sem sair de casa; veja como

Os beneficiários do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) têm a possibilidade de realizar a prova de vida sem sair de casa. O procedimento é feito pelos aplicativos Meu gov.br e Meu INSS, pelo site, em caixas eletrônicos ou até por procuração.

O objetivo com isso é evitar aglomerações durante a pandemia do novo coronavírus, uma vez que a prova de vida, exigida anualmente para comprovar a existência do beneficiário, foi retomada neste mês.

Segundo a Agência Brasil, o novo sistema viabiliza o procedimento por meio de tecnologia de biometria facial, desenvolvida pelo Serpro e pela Dataprev. O governo espera facilitar a vida de cerca de 36 milhões de aposentados, pensionistas e beneficiários de programas assistenciais. Para usar o serviço, o usuário precisa ter registrado a biometria para o título de eleitor, além de possuir uma conta no gov.br, o portal de serviços do governo. 

Ambos os aplicativos estão disponíveis no Google Play, na App Store e nos ambientes web. Os aplicativos Meu Gov.br e Meu INSS estão disponíveis na Google Play e App Store, e nos ambientes web.

Fonte: Brumado Urgente

Ovos de crocodilo da ‘Era dos Dinossauros’ são achados em sítio em Presidente Prudente

Ovos de crocodilo da ‘Era dos Dinossauros’ são achados em sítio em Presidente Prudente

Cerca de 20 ovos fossilizados de crocodilo da “Era dos Dinossauros” foram encontrados no sítio paleontológico de Presidente Prudente (SP). A divulgação foi feita nesta semana pelo paleontólogo Willian Roberto Nava.

Segundo o G1, o pesquisador informou que os ovos foram descobertos no mês de fevereiro deste ano após análises de rochas que foram retiradas do sítio durante o cercamento do local, no Parque dos Girassóis, que ocorreu no ano de 2020.

As rochas com os fósseis foram levadas para o Museu de Paleontologia de Marília (SP) e somente após análises e estudos é que foi constatado que se tratavam de uma ninhada, de uma espécie não identificada, de um crocodilo da “Era dos Dinossauros”.

Conforme Nava, os ovos são um achado importante para a história e a estimativa é de que os fósseis tenham de 70 milhões a 80 milhões de anos. O sítio paleontológico fica localizado entre o Parque dos Girassóis e o bairro São João, em Presidente Prudente.

O local já recebeu pesquisadores dos Estados Unidos e da Argentina e do Museu de Paleontologia de Marília, além de estudantes das universidades federal e estadual do Rio de Janeiro.

O terreno na zona sul de Presidente Prudente abriga fragmentos de história incrustados em suas rochas. Foram eles pequenos fósseis que por anos ficaram “escondidos” e que colocaram a cidade nos holofotes da ciência nacional e internacional.

O espaço foi descoberto há pouco mais de 15 anos e começou a ser explorado. O paleontólogo Willian Roberto Nava contou ao G1 que estava na cidade para outras pesquisas e escavações, quando foi atraído pelas rochas que se afloravam no terreno. Raridades já foram extraídas, como os ossos de aves que viveram no período Cretáceo, a “Era dos Dinossauros”

Por se tratar de um espaço com raros materiais, Nava e companheiros de trabalho da Argentina e dos Estados Unidos pediram a proteção do local à administração pública de Presidente Prudente. A área foi tombada por meio de um decreto municipal publicado em fevereiro de 2020.

Fonte: Brumado Urgente

Brumado: Incêndio que atingiu área de vegetação do IFBA acende mais um alerta para a vinda do Corpo de Bombeiros

Brumado: Incêndio que atingiu área de vegetação do IFBA acende mais um alerta para a vinda do Corpo de Bombeiros

Na noite do último sábado (12), um um incêndio em um terreno do Instituto Federal da Bahia (IFBA), localizado no bairro São José (Urbis 1), em Brumado, assustou os moradores da localidade. Ainda sem uma causa específica, a vegetação do local começou a pegar fogo e as chamas subiram cerca de cinco metros. Dois caminhões pipas foram acionados e compareceram ao local. Alguns minutos depois eles conseguiram debelar às chamas. De acordo com um funcionário do local, o prédio não foi atingido. Segundo moradores, devido ao período junino, é comum que populares soltem fogos de artifícios no bairro. No entanto, famílias do entorno do IFBA manifestaram preocupação com o incidente já que Brumado não possui uma brigada de incêndio do Corpo de Bombeiros. Nos últimos anos tem se cogitado e até lançado um projeto do local onde seria instalado a unidade, mas porque questões ainda não esclarecidas, Brumado ainda não recebeu o Subgrupamento do Corpo de Bombeiros. Em sua última entrevista a imprensa local, o prefeito Municipal, o engenheiro Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) voltou a declarar que o projeto estaria paralisado por conta do alto custo, sendo que o mesmo havia buscado apoio das mineradoras local, mas não obteve êxito. O gestor chegou a apresentar um novo projeto, com um custo menor, em um anexo na área do antigo Derba, centro da cidade, mas as obras ainda não começou. Enquanto isso, estamos em um mês de bastante incidência e propício para mais focos de incêndio. Com a chegada do mês junino, é comum que moradores soltem fogos de artifício em terrenos com vegetação.

Fonte: 97news

Brumado tem 21 pacientes internados por Covid-19

Brumado tem 21 pacientes internados por Covid-19

Neste domingo (13), Brumado registrou 8.811 casos confirmados da Covid-19, o novo coronavírus. Entre os diagnósticos: 21 internações, 176 óbitos, 238 em recuperação e 8.397 recuperados. As notificações suspeitas abrangem pacientes com quadros de síndromes gripais diversas, dentre os quais alguns se encaixam nos critérios para realização do exame RT-PCR ou via teste rápido. Estes últimos estão sendo usados de forma criteriosa, em casos excepcionais, como estratégia para ampliar e tornar mais eficaz o enfrentamento à pandemia no município.

Fonte: Agora Sudoeste

Brumado perde uma grande artista

Brumado perde uma grande artista

Hoje o Movimento Cultural de Brumado está de luto. Nossa querida Dina, Dinarte, faleceu pela manhã vítima da COVID. Participante ativa do ABRACADABRA, Dina deixou uma obra linda entre artesanatos, esculturas e exemplo de cidadã. Sua memória estará sempre presente com todos do ABRACADABRA e Mercado de Artes. Aos familiares desejamos força e fé nesse momento de dor. #lutoporumaamiga.

 

 

Brumado perde uma grande artista

Brumado perde uma grande artista

Brasil: Oposição investiga repasse de dinheiro federal para laboratórios produzirem hidroxicloroquina

Brasil: Oposição investiga repasse de dinheiro federal para laboratórios produzirem hidroxicloroquina

Os senadores que fazem parte da CPI da Covid pretendem investigar se dois dos principais laboratórios do país usaram recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a produção de hidroxicloroquina, medicamento sem eficácia no tratamento contra a Covid-19 e defendido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Segundo o site Metro1, documentos que embasam a apuração, as fabricantes assinaram ao menos quatro pedidos de empréstimos, que totalizam R$ 283 milhões. Todos os contratos foram firmados em 2020, a maioria com a pandemia já em andamento, apontam as movimentações. Uma das farmacêuticas, a Apsen buscou R$ 153 milhões em financiamentos do banco federal. A EMS, por sua vez, solicitou R$ 129 milhões. A fabricante tem em seu portfólio outras drogas sem efeito comprovado para o coronavírus, como o vermífugo ivermectina, que passou a compor o “kit covid” do chamado tratamento precoce. Para obtenção do dinheiro público, as duas companhias afirmaram que destinariam os aportes para a ampliação e reforma de suas unidades industriais, incluindo a produção de medicamentos. De acordo com a reportagem, ambas as farmacêuticas negaram empregar recursos do BNDES na fabricação de hidroxicloroquina. Em nota, a Apsen informou, por meio de sua assessoria, que os emprestimos foram destinados para expansão da área de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e da área industrial, “para preparar as áreas produtivas no suporte ao plano estratégico dos próximos anos”.

De acordo com o comunicado, dos pedidos de financiamentos firmados, o BNDES aprovou somente dois contratos de empréstimos. “Da solicitação feita em 27/06/2019 foram autorizados R$ 94,8 milhões, que tiveram os valores liberados de forma faseada. A empresa recebeu, até o momento, duas parcelas de R$ 20 milhões, liberadas nos dias 16/03/20 e 27/11/20. A segunda solicitação, feita em 30/08/19, teve contrato assinado em 16/06/20 no valor de R$ 58,9 milhões. Desse total, foram liberados, até o momento, R$ 12,35 milhões no dia 15/10/2020”, informou. “A Apsen reforça que nenhuma parte dos empréstimos cedidos, seja pelo BNDES ou por qualquer instituição financeira, foi utilizada na produção, pesquisa ou qualquer ação relativa à hidroxicloroquina. A Apsen é uma empresa apartidária e não apoia ou financia nenhum partido ou figura política. Seus executivos não têm vínculos pessoais ou profissionais com o atual presidente da República ou qualquer outro político”, reiterou a farmacêutica. Também em nota, a EMS disse que obteve, em 2020, financiamento para construção de uma nova fábrica de oncológicos injetáveis, expansão de linhas de embalagem de medicamentos sólidos e reconstrução do almoxarifado em seu complexo fabril de Hortolândia. A companhia afirma ainda que  o enquadramento dos projetos e a solicitação de empréstimo foram feitos em 2019, com contrato assinado em fevereiro do ano passado. "A empresa esclarece, portanto, que nenhum pedido teve relação com a produção de sulfato de hidroxicloroquina." O BNDES confirmou ao site que a Apsen contratou, entre 2013 e 2020, três financiamentos. Segundo o banco, dois desses empréstimos (que somaram R$ 109.851.366,00) destinavam-se a financiar gastos com pesquisa e o desenvolvimento da empresa, enquanto o terceiro crédito, da ordem de R$ 58.959.174,00, tinha como objeto a expansão da capacidade produtiva e de embalagens. No caso da EMS, a instituição financeira diz que o projeto financiado contempla a ampliação de plataformas produtivas, bem como da capacidade de embalagem e armazenagem, no valor de R$ 81.363.000,00. "Dentre as plataformas produtivas previstas no projeto não se inclui a fabricação de medicamentos sólidos, portanto o financiamento não pode ser destinado à fabricação de comprimidos de cloroquina. Esse pedido foi protocolado em 11/10/2019, e a operação foi contratada em 10/02/2020, também antes de se relacionar cloroquina à Covid", respondeu a empresa.

Fonte: 97news

Brasil terá estudos da fase 3 de antiviral experimental contra coronavírus

Brasil terá estudos da fase 3 de antiviral experimental contra coronavírus

A farmacêutica MSD (conhecida como Merck no Canadá e Estados Unidos) vai iniciar os testes de fase 3 de seu antiviral contra o coronavírus no Brasil. A droga experimental, chamada molnupiravir, possui um mecanismo de ação contra a fase de replicação viral, que se dá nos primeiros dias de Covid-19.

Segundo informações do jornal Folha de S. paulo, a realização dos ensaios clínicos ocorre simultaneamente com o lançamento do estudo também global, registrado na plataforma Clinicaltrials.gov. A expectativa é avaliar 1.850 pessoas nessa fase do estudo.

A droga é a primeira a alcançar a fase 3 de estudos no país. Além dela, os anticorpos monoclonais Regeneron e da empresa Eli Lily receberam autorização para uso emergencial nos Estados Unidos e, mais recentemente, no Brasil pela Anvisa, embora sejam restritos para uso intrahospitalar.

De acordo com a Folha, o estudo MOVe-Out avaliará o uso de 800 mg do molnupiravir, na forma de comprimidos orais, duas vezes ao dia, por cinco dias. Segundo a farmacêutica, a dosagem e forma de administração foram determinadas na fase anterior de pesquisa clínica e apresentaram bons resultados na ação antiviral em pacientes não hospitalizados com Covid e com sintomas iniciais.

O mecanismo de ação do antiviral foi descoberto por pesquisadores da Universidade de Emory, em Atlanta, Georgia (EUA) e o desenvolvimento do medicamento ficou a cargo da empresa de biotecnologia Ridgeback Biotherapeutics, sediada em Miami, em parceria com a MSD. A farmacêutica também é responsável pela realização dos ensaios clínicos.

Fonte: Brumado Urgente

Waldenor e Zé Raimundo homenageiam Brumado pelos 144 anos

Waldenor e Zé Raimundo homenageiam Brumado pelos 144 anos


 Os deputados Waldenor Pereira (federal) e Zé Raimundo (estadual) parabenizaram o município de Brumado, que neste dia 11 de junho está completando 144 anos de emancipação político administrativa. As homenagens ao município estão registradas através de Moção de Congratulação e nas redes sociais dos parlamentares.

Em seu registro nos anais da Assembleia Legislativa da Bahia, Zé Raimundo reafirma o compromisso de manter à atenção com a cidade. “Seguimos trabalhando, junto com o deputado federal Waldenor Pereira, para cada vez mais, viabilizar obras, serviços e ações dos poderes que ajudem a estimular o desenvolvimento social e, consequentemente, a melhoria de qualidade de vida do povo de Brumado”.

Waldenor e Zé Raimundo inclusive estiveram no município no domingo passado (6), quando entregaram trator com equipamentos agrícolas e visitaram obra de construção de uma ponte na comunidade Furado de Maria Nova. Isto, depois de investir na pavimentação de ruas da Vila Presidente Vargas, construção de quadra poliesportiva no Bairro das Esmeraldas, da implantação de vários Sistemas Simplificados de Água como o da Pompéia e de construir centenas de cisternas em diversas localidades rurais, além de destinar vários tratores com implementos agrícolas e um total de R$ 1 milhão de recursos de emendas parlamentares para o combate ao Covid19.