Operação contra milícia cumpre 11 mandados de prisão na Bahia

A Operação Alcateia cumpriu na sexta-feira (27) onze mandados de prisão preventiva contra policiais milirares na Bahia. A ação foi deflagrada nas cidades de Paulo Afonso, Lauro de Freitas, Camaçari e Salvador. O trabalho visa desarticular uma organização criminosa que praticava diversos crimes de homicídio, tráfico de drogas, tortura e extorsão. A Operação Alcateia é coordenada pelo Ministério Público do Estado da Bahia, por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Grupo Especial para o Controle Externo da Atividade Policial (Gacep), com o apoio da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Combate a Grupos de Extermínio e Extorsões.

Fonte: 97news

Vacina contra coronavírus não será para toda população, diz Ministério da Saúde

Vacina contra coronavírus não será para toda população, diz Ministério da Saúde

As primeiras doses da vacina contra a Covid-19 não irá atingir toda população, afirma o Ministério da Saúde.

De acordo com um informe dado na última sexta-feira (27) pela pasta, em seu primeiro ano de aplicação, ela será direcionada apenas para grupos de maior risco de exposição e complicações pela doença.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, o Ministério está trabalhando na construção de um plano nacional de imunização que deve ser compartilhado com especialistas na próxima terça-feira (1).

“Definimos objetivos para a vacinação, porque não temos uma vacina para vacinar toda a população brasileira. Além disso, os estudos não preveem trabalhar com todas as faixas etárias inicialmente, então não teremos mesmo como vacinar toda a população brasileira”, disse a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Francieli Fantinato nas últimas semanas.

Apesar de ter um grupo especifico para a aplicação, o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, disse que a oferta para esses públicos não significa que as outras pessoas não estarão protegidas.

Élcio Franco afirma que é possível que a vacinação contra a Covid-19 siga os moldes das campanhas contra a gripe, que também são voltadas a grupos de maior risco e exposição.

Fonte: Brumado Urgente

Brumado registra 39° óbito por Coronavírus

Brumado registra 39° óbito por Coronavírus

Nesta sexta-feira (27), Brumado registrou 2.934 casos confirmados da Covid-19, o novo coronavírus. São 9.157 notificações. Entre os diagnósticos: 02 internações, 39 óbitos, 206 pacientes em tratamento e 2.688 recuperados. No momento, 235 ainda aguardam resultado laboratorial e 5.094 já foram descartados. As notificações suspeitas abrangem pacientes com quadros de síndromes gripais diversas, dentre os quais alguns se encaixam nos critérios para realização do exame RT-PCR ou via teste rápido. Estes últimos estão sendo usados de forma criteriosa, em casos excepcionais, como estratégia para ampliar e tornar mais eficaz o enfrentamento à pandemia no município.

Fonte: Agora Sudoeste

Brumado: Inscrições para o benefício emergencial da Lei Aldir Blanc acontecem até segunda-feira (30)

Brumado: Inscrições para o benefício emergencial da Lei Aldir Blanc acontecem até segunda-feira (30)

Até a próxima segunda-feira (30), as inscrições para os artistas de Brumado que se enquadrem nas condições de concessão do benefício emergencial da Lei Aldir Blanc podem ser feitas. O secretário municipal de cultura, Paulo Sergio Lobo, frisou que a intenção da Administração é de que todo valor disponibilizado pelo Governo Federal fique na cidade para auxiliar os artistas locais. “São vários segmentos: artes cênicas, artes plásticas individuais, audiovisual, literatura, música, cultura popular, oficina... para cada um desses tem um valor. São 55 premiações”, enumerou. Para a região, composta por 21 municípios, foram destinados o valor total de R$ 491.420,96 para benefícios emergencial da classe artística. “Estamos trabalhando exaustivamente para que o benefício chegue e contemple a todos os artistas prejudicados pela pandemia. Não queremos que o recurso volte por falta de requisitos dos candidatos de acordo com as obrigações estabelecidas pela lei federal. É importante que os artistas corram e façam suas inscrições”, acrescentou. Para acessar o edital e o formulário de inscrição.

Fonte: Brumado Urgente

Geração distribuída de energia solar cresce em 118% na Bahia

Geração distribuída de energia solar cresce em 118% na Bahia

O conceito de geração distribuída de energia solar vem sendo adotado em residências e também em empresas na Bahia. A potência instalada baiana cresceu 118% na comparação de janeiro a outubro de 2020 com todo o ano passado, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) e divulgado pela Secretaria de Infraestrutura do Governo do Estado da Bahia (Seinfra) nesta sexta-feira (27). A capacidade para produção energética a partir da fonte solar no estado aumentou de 63,2 MW para 138,3 MW no período.

De acordo com a Seinfra, aproximadamente, 90% dos municípios baianos já possuem locais que tenham a presença de placas fotovoltaicas gerando a própria energia. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), as cidades com maior capacidade instalada são Salvador, Barreiras, Lauro de Freitas, Camaçari e Amélia Rodrigues.

Os principais benefícios para implantação das placas em imóveis ou estabelecimentos comerciais são o financeiro e o ambiental. No financeiro, a redução do custo pode chegar a atingir o valor mínimo a ser pago na conta de luz. Sobre o meio ambiente, o aproveitamento energético de origem renovável e limpa contribui com o conceito de sustentabilidade.

O Atlas Solar é uma ferramenta que vem ajudando na abertura de empresas do setor energético na Bahia. “Em 2018, lançamos o Atlas com objetivo de atrair novos negócios na área de energia solar no estado. Dois anos depois, podemos analisar de uma forma muito positiva e, principalmente, por termos a segunda maior capacidade instalada da fonte fotovoltaica na geração distribuída da região Nordeste, atrás apenas do Ceará”, destaca Marcus Cavalcanti, secretário de Infraestrutura do Estado.

Líder em geração
Nos empreendimentos com grande capacidade instalada, a Bahia se mantém na liderança nacional da geração de energia a partir das fontes solar e eólica. A fonte solar produziu 1.376,72 GWh entre os meses de janeiro e setembro de 2020, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Ainda de acordo com a ONS, a energia eólica gerou 12.590,21 GWh no mesmo período. Juntas, seriam capazes de atender aproximadamente 13 milhões de residências.

Os parques eólicos Ventos de São Januário 01, 03, 04, 13, 14 e 22 e Serra do Vento e a usina fotovoltaica do Aeroporto de Salvador entraram em atividade neste semestre e contribuem na consolidação desse resultado. Hoje, são 32 empreendimentos solares e 178 eólicos em operação comercial no estado. Mais seis parques eólicos já estão em fase de teste e devem entrar em funcionamento nos próximos meses no território baiano.

Fonte: Brumado Urgente

Brumado Eleições 2020: Chapa do PDT poderá ser anulada pelo TSE e com isso a legenda corre o risco de perder a vaga conquistada

Brumado Eleições 2020: Chapa do PDT poderá ser anulada pelo TSE e com isso a legenda corre o risco de perder a vaga conquistada

Algumas mudanças feitas pelo TSE para tornar o pleito eleitoral deste ano mais igualitário foi fixar o percentual mínimo de 30% para as candidaturas femininas, dando assim uma maior visibilidade às mulheres na política.

Em Brumado, os partidos buscaram atender em sua plenitude essa nova legislação, mas, uma possível irregularidade poderá fazer uma chapa partidária toda ser anulada pelo TSE, caso o fato seja apurado e comprovado.

A legenda em questão é o PDT – Partido Democrático Trabalhista, que conquistou uma das vagas a vereador, mas que teria inscrito uma candidatura que ainda não está deferida pela justiça eleitoral, a qual poderá ser motivo de cancelamento de toda a chapa, já que estaria em desacordo, justamente com o percentual mínimo de 30% de vagas femininas.

O caso em questão trata-se da candidata Ducilene da Silva Meira, a qual teria sido escolhida pelo partido para substituir Maria Aparecida Barros, que teve o pedido de registro indeferido.

O fato é que Ducilene não obteve um voto sequer, o que poderá configurar como candidatura laranja, que se ficar comprovado pelo TSE vai culminar no indeferimento.

Caso haja mesmo a condenação e a consequente queda da chapa, um novo coeficiente eleitoral vigorará e um novo candidato ocupará a vaga.

Vale ressaltar que todo o processo será desencadeado juridicamente, não podendo ser do dia para à noite. 

Fonte: Brumado Urgente

Aras defende que cassação por candidatura laranja deve atingir toda a chapa eleitoral

Aras defende que cassação por candidatura laranja deve atingir toda a chapa eleitoral

O procurador-geral da República Augusto Aras defendeu nesta quinta, 26, que a cassação de candidaturas deve atingir toda a chapa eleitoral do partido beneficiado por ‘laranjas’, pessoas que se lançam candidatas apenas para garantir o cumprimento de cotas. A manifestação foi enviada em uma ação movida pelo Solidariedade (SD).

O ponto em discussão é a exigência legal de que ao menos 30% das candidaturas dos partidos devem ser femininas e a punição prevista a quem usar ‘laranjas’ para burlar a lei. A legenda pede que seja dada interpretação de que somente as candidaturas laranja e aqueles que se beneficiaram delas devem ter os registros cassados. Para Aras, esse cenário é ineficiente e levaria ao fim da política pública afirmativa.

“Isso porque, se o indeferimento do registro recair apenas sobre as candidaturas laranjas, correr o risco de ser descoberto passa a valer a pena. É um incentivo para que os partidos infratores se beneficiem da própria torpeza”, afirmou. “Nesse sentido, tudo continuará como antes: poucas mulheres se candidatam verdadeiramente aos cargos eletivos e um menor número delas é eleita”.

A manifestação de Aras segue entendimento firmado em agosto do ano passado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). À época, a Corte cassou o mandato de seis dos 11 vereadores da Câmara de Valença do Piauí (PI) que se beneficiaram de cinco candidatas classificadas como laranjas, pois tiveram votação inexpressiva, não praticaram atos de campanha e nem tiveram gastos declarados nas prestações de conta.

O Solidariedade alegou que manter a punição a toda a chapa poderia até reduzir o número de mulheres eleitas, pois atingiria candidatas que não tem relação com as laranjas. Aras, no entanto, destacou que tal cenário ‘pode ocorrer ou não, a depender das circunstâncias de cada eleição’.

“Como também pode ocorrer, em consequência da referida cassação de registro, a eleição de um número maior de mulheres de outro partido político. O importante aqui não são os números concretos de cada certame eleitoral, mas a adequação, a necessidade e a proporcionalidade em sentido estrito da política pública como um todo”, afirmou.

O entendimento firmado pelo TSE no ano passado deve seguir de referência para a análise de casos semelhantes, como a investigação sobre candidatas laranjas do PSL em Minas Gerais e em Pernambuco. Foi nesta investigação que o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio foi indiciado pela Polícia Federal e denunciado pelo Ministério Público Eleitoral em outubro de 2019.

Fonte: Brumado Urgente

Evento na INB Caetité marca Retomada da Produção de Urânio no Brasil

Evento na INB Caetité marca Retomada da Produção de Urânio no Brasil

A Indústrias Nucleares do Brasil – INB realizará no dia 1º de dezembro um evento para celebrar a retomada da produção de urânio no Brasil, a partir da lavra a céu aberto de uma nova mina na Unidade de Concentração de Urânio de Caetité – URA, na Bahia, a Mina do Engenho. A Cerimônia, que será realizada na Unidade, contará com a presença do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. A retomada da produção é uma conquista para a INB e, em decorrência, para o País. Representa um fator importante para a geração de empregos e recursos para a região sudoeste da Bahia. A expectativa é que sejam produzidas 260 toneladas de concentrado de urânio por ano, quando a Mina do Engenho atingir a sua capacidade plena. O urânio é a matéria-prima básica para a fabricação do combustível que abastece as usinas nucleares. As atividades de mineração na Unidade foram paralisadas em 2015, após a exaustão do processo de extração a céu aberto da primeira área que foi lavrada, a Mina Cachoeira.

Fonte: Agora Sudoeste

IOF volta a ser cobrado e vai encarecer empréstimos

IOF volta a ser cobrado e vai encarecer empréstimos

O Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) volta a ser cobrado nesta sexta-feira (27) e o retorno do imposto foi a forma que o governo encontrou para obter recursos para isentar consumidores do Amapá do pagamento da conta de luz. Vale ressaltar, que a volta da incidência do IOF sobre operações de crédito tende a elevar custo dos empréstimos.  A alíquota do IOF é de 3%. Em abril deste ano, o governo zerou a cobrança de IOF nas operações de crédito para aliviar os impactos da pandemia na economia. A isenção vigoraria até dezembro, mas vai terminar nesta sexta-feira. Assim, quem tomar um empréstimo ou rolar a fatura do cartão de crédito, além das taxas e juros cobradas pela instituição financeira, também arcará com tributo federal.

Fonte: Agora Sudoeste

Covid-19: plano de imunização está praticamente pronto, diz Bolsonaro

Covid-19: plano de imunização está praticamente pronto, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (26), durante sua live semanal nas redes sociais, que um plano nacional de imunização contra a covid-19 está praticamente pronto e que o governo federal vai adquirir uma vacina tão longo ela seja autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). "Uma vez certificado pela Anvisa, qualquer medicamento e qualquer vacina, da nossa parte, imediatamente nós providenciamos a compra. E um programa, um plano nacional de imunização está praticamente pronto na Saúde pra gente vacinar quem quer", disse. O Ministério da Saúde tem acordo para a compra de doses de uma potencial vacina produzida pela farmacêutica britânica AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, incluindo um pacto de transferência de tecnologia e produção local do imunizante pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O governo federal mantém contato com outros laboratórios estrangeiros que desenvolvem doses contra a covid-19 e que, se aprovadas, também poderão ser adquiridas para imunização geral da população. Nesta quarta-feira (25), a farmacêutica Pfizer informou que deu início ao processo de pedido de registro junto à Anvisa.

Fonte: Agora Sudoeste

Dom Basílio: TCM multa prefeito Roberval que ainda terá de devolver R$158.877,05 aos cofres públicos

Dom Basílio: TCM multa prefeito Roberval que ainda terá de devolver R$158.877,05 aos cofres públicos

Na sessão desta quinta-feira (26/11), realizada por meio eletrônico, o Tribunal de Contas dos Municípios aprovou com ressalvas as contas da Prefeitura de Dom Basílio, da responsabilidade do prefeito Roberval de Cássia Meira, relativas ao exercício de 2019. O conselheiro Raimundo Moreira, em seu parecer, aplicou ao prefeito uma multa no valor de R$5 mil pelas ressalvas contidas no relatório técnico. Os conselheiros também determinaram o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$158.877,05, com recursos pessoais, referente a processos de pagamentos não apresentados para análise do TCM. Na mesma sessão, também aprovaram com ressalvas as contas de outras 10 prefeituras, todas referentes ao exercício de 2019. Durante o julgamento das contas de Dom Basílio, o conselheiro Paolo Marconi apresentou voto divergente – opinando pela rejeição das contas e aplicação de multa equivalente de 30% dos subsídios anuais do gestor –, porque no seu entender não foi cumprido o limite de 54% para despesa com pessoal. A razão é que ele – e o conselheiro Fernando Vita – não concordam com a aplicação das regras da Instrução nº 03 do TCM, que permite a exclusão, do cômputo dos gastos com pessoal – para efeito de cálculo do limite de 54% imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal –, das despesas dos municípios com a remuneração dos servidores que trabalham na execução dos programas federais. Assim, para esses conselheiros, os gastos com pessoal em Dom Basílio teriam correspondido a 56,59% e 58,87%, no 2º e 3º quadrimestre, respectivamente. O voto divergente, porém, foi vencido, vez que para a maioria dos conselheiros presentes à sessão – José Alfredo Rocha Dias, Alex Aleluia e Cláudio Ventin -, assim como o relator, conselheiro Raimundo Moreira, aplicam a instrução e com ela concluíram que os percentuais foram de 52,73% e 54,12%, estando – desta forma – o gestor no prazo para recondução das despesas ao limite imposto pela LRF. A Prefeitura de Dom Basílio apresentou uma receita arrecadada no montante de R$33.917.821,39 e promoveu despesas no total de R$32.997.225,84, o que representou um superávit orçamentário de R$920.595,55. Os recursos deixados em caixa, no montante de R$4.174.843,82, foram suficientes para cobrir despesas com “restos a pagar” e de “exercícios anteriores”, o que demonstra a existência de equilíbrio fiscal na Entidade. O prefeito, segundo o relator, atendeu a todas as obrigações constitucionais, vez que aplicou 25,26% dos recursos específicos na área da educação, 18,71% dos recursos nas ações e serviços de saúde e 69,84% dos recursos do Fundeb na remuneração dos profissionais do magistério. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB alcançado pelo município com relação aos anos iniciais do ensino fundamental (5° ano) foi de 5,30, acima da meta projetada de 5,10. Esse índice foi superior ao IDEB do Estado da Bahia, que foi de 4,90, mas inferior ao nacional, registrado em 5,70. Com relação aos anos finais do ensino fundamental (9° ano), o IDEB limitou-se a 3,90, abaixo da meta projetada de 4,00. O índice superou o IDEB do Estado da Bahia, que foi de 3,80, mas não o nacional, registrado em 4,60. Também foi apurado que 21,15% dos professores da educação básica do município estão recebendo salário abaixo do Piso Salarial Nacional do Profissional do Magistério, descumprindo o disposto na Lei nº 11.738/08. Desde de 1º de janeiro de 2019, o piso salarial profissional do magistério com formação de nível médio, para uma carga horária de 40 horas semanais ou proporcional, foi reajustado para R$2.557,74. Deve o prefeito, assim, promover medidas para regularização da matéria. Em seu parecer, o conselheiro Raimundo Moreira apontou, como ressalvas, falhas formais e materiais envolvendo procedimentos licitatórios; contratação de pessoal por tempo determinado pendente de processo seletivo simplificado; e inserções incorretas ou incompletas de informações no sistema SIGA. Cabe recurso da decisão.

Fonte: Agora Sudoeste

Veja lista dos 10 deputados federais que mais gastaram cota parlamentar

Veja lista dos 10 deputados federais que mais gastaram cota parlamentar

O deputado João Maia, do PL do Rio Grande do Norte, é o líder de gastos de cota parlamentar na Câmara dos Deputados até agora. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

Segundo a publicação, o parlamentar gastou R$ 471 mil até a quinta-feira passada , principalmente com gastos de divulgação da atividade parlamentar.

A cota é o dinheiro que os deputados têm para usar com divulgação, passagens aéreas, aluguel de escritório e carros, serviços postais, entre outros.

Veja a lista dos dez deputados que mais gastaram a cota parlamentar:

1- João Maia (PL-RN) – R$ 471,3 mil

2- Jesus Sérgio (PDT-AC) – R$ 444,6 mil

3- Manuel Marcos (REP-AC) – R$ 443,1 mil

4- Wellington Roberto (PL-PB) – R$ 442,1 mil

5- Marcelo Ramos (PL-AM) – R$ 438,7 mil

6- João Daniel (PT-SE) – R$ 428,8 mil

7 – Luiz Carlos (PSDB-AP) – R$ 427,5 mil

8 – Gonzaga Patriota (PSB-PE) – R$ 420,5 mil

9 – Frei Anastacio Ribeiro (PT-PB) – R$ 414,5 mil

10 – Silas Câmara (REP-AM) – R$ 413,3 mil

Fonte: Brumado Urgente

 

 

TSE vê R$ 440 milhões movimentados na eleição com indício de irregularidade

TSE vê R$ 440 milhões movimentados na eleição com indício de irregularidade

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aponta indícios de irregularidades em R$ 440 milhões pagos a fornecedores de campanha ou injetados nas candidaturas neste ano por doadores privados que, ao mesmo tempo, recebem benefícios do governo federal como o auxílio emergencial e o Bolsa Família.

A fatia mais expressiva se refere a fornecedores de campanha. O núcleo de inteligência do TSE identificou 31,7 mil sócios de empresas que prestaram serviço aos candidatos e que são beneficiárias do auxílio emergencial ou do Bolsa Família. Para o tribunal, isto é um indício de irregularidades nessas campanhas.

Esses fornecedores movimentaram R$ 386 milhões, repasses que incluem dinheiro público, oriundo dos fundos partidário ou eleitoral.

O pente-fino do TSE foi concluído no dia 23. Uma semana antes, a quantidade de fornecedores com indícios de irregularidades não chegava a 1.300. Os recebimentos somavam R$ 940,1 mil.

No caso dos doadores de campanha, o TSE identificou 65,3 mil pessoas inscritas em programas sociais do governo federal. Elas repassaram mais de R$ 54 milhões aos candidatos.

Uma semana antes, o pente-fino do núcleo de inteligência do tribunal havia constatado 1.300 doadores sob suspeita, por receberem algum benefício social. Isto seria um atestado da falta de capacidade financeira para injetar dinheiro em candidaturas.

Os R$ 54 milhões equivalem a 5,5% das receitas privadas das candidaturas. Um levantamento global do TSE, com base em dados somados até o dia 10, mostra que os candidatos receberam quase R$ 1 bilhão em doações privadas.

Os cartórios eleitorais já receberam as informações. Caberá a esses tribunais locais confirmarem a ocorrência de fraudes e ilegalidades envolvendo fornecedores e doadores de campanha. Um processo nesse sentido pode resultar na cassação de um registro de candidatura e até mesmo do diploma do eleito.

O trabalho envolve outros órgãos de fiscalização, como a Receita Federal, a Polícia Federal, o MPE (Ministério Público Eleitoral) e o TCU (Tribunal de Contas da União). O Ministério da Cidadania colabora com as bases de dados dos programas sociais.

O TCU fez auditorias para buscar possíveis fraudes em candidaturas, declarações de patrimônio dos candidatos e doações de campanha. No dia 6, o tribunal divulgou uma lista de candidatos com patrimônio expressivo e que, mesmo assim, recebem auxílio emergencial ou Bolsa Família.

Entre esses beneficiários, 10 mil têm patrimônio entre R$ 300 mil e R$ 1 milhão. Outros 1.300 candidatos têm patrimônio superior a R$ 1 milhão.

O relatório do TSE com indícios de irregularidades detalha outras situações suspeitas. Os técnicos identificaram 7.900 fornecedores, com empresas recém-abertas, filiados a partidos políticos. Os gastos contratados somam R$ 68,7 milhões.

Trabalhadores informais doaram R$ 44 milhões às campanhas -- são, ao todo, 12,4 mil doadores. Outros 2.700 não têm renda compatível para fazer doações, segundo o TSE. O valor doado soma R$ 23 milhões.

Também há fornecedores sem registro na Receita Federal (1.900 empresas, que movimentaram R$ 3,3 milhões), prestadores de serviço que são parentes dos candidatos (R$ 7,3 milhões em gastos com essas pessoas) e 24 doadores que já morreram -- o total doado é de R$ 36,1 mil.

Ao todo, o núcleo de inteligência do TSE aponta indícios de irregularidades em R$ 588 milhões movimentados nas eleições de 2020. Uma semana antes, os indícios se referiam a R$ 60 milhões.

Fonte: Bahia Notícias

Governador anuncia publicação de resultado final de concursos para Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

Governador anuncia publicação de resultado final de concursos para Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) publica, nesta sexta-feira (27), o resultado final e a homologação de dois concursos públicos para a Polícia Militar da Bahia e Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. As portarias, disponíveis no Diário Oficial do Estado (DOE), no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br) e no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (www.ibfc.org.br), trarão a relação dos candidatos por ordem de classificação. Também será publicado o resultado definitivo para aferição da veracidade da autodeclaração de candidatos negros, emitido pela Comissão de Heteroidentificação constituída pela empresa organizadora dos concursos, o IBFC. O anúncio da divulgação dos resultados foi feito pelo governador Rui Costa, por meio das redes sociais, nesta quinta-feira (26). De acordo com os editais dos certames, os aprovados serão convocados pelas corporações, de acordo com a necessidade da administração pública, para realização dos exames pré-admissionais, que incluem: entrega de documentos, exames médicos-odontológicos, teste de aptidão física, avaliação psicológica e investigação social. Os candidatos a soldado irão ingressar no curso de formação, e os oficiais de saúde serão matriculados no estágio de adaptação. Todo o andamento pode ser acompanhado pelo DOE. Regidos pelos editais SAEB 02/2019 e SAEB 03/2019, os concursos foram lançados no fim de 2019, com as primeiras provas realizadas no início deste ano. Entretanto, a pandemia da Covid-19 atrasou todo o cronograma. O certame para candidato a soldado da PM e Corpo de Bombeiros registrou 112,3 mil inscritos, enquanto o concurso para médico e odontólogo da Polícia Militar chegou ao total de 790 inscritos. Os certames têm validade de um ano, podendo ser prorrogados, uma única vez, por igual período.

Fonte: Agora Sudoeste

Brumado registra 14 casos da Covid-19 em 24h

Brumado registra 14 casos da Covid-19 em 24h

Nesta quinta-feira (26), Brumado registrou 2.913 casos confirmados da Covid-19, o novo coronavírus. São 9.091 notificações. Entre os diagnósticos: 04 internações, 38 óbitos, 206 pacientes em tratamento e 2.669 recuperados. No momento, 200 ainda aguardam resultado laboratorial e 5.091 já foram descartados. As notificações suspeitas abrangem pacientes com quadros de síndromes gripais diversas, dentre os quais alguns se encaixam nos critérios para realização do exame RT-PCR ou via teste rápido. Estes últimos estão sendo usados de forma criteriosa, em casos excepcionais, como estratégia para ampliar e tornar mais eficaz o enfrentamento à pandemia no município.

Fonte: Agora Sudoeste