Juízas criam projeto para ensinar professores a identificar abuso infantil

Juízas criam projeto para ensinar professores a identificar abuso infantil

Em todo o ano passado, quando as crianças ficaram em casa por causa do fechamento das escolas, nenhuma denúncia de abuso infantil foi encaminhada ao projeto Eu Tenho Voz.

O apagão de denúncias durante a pandemia levou as juízas responsáveis pelo projeto a mudar seu formato e oferecer curso de capacitação aos professores para que possam identificar e acolher os casos de abusos agora que as crianças estão voltando às escolas.

"Os dados mostram que 80% dos casos de abuso acontecem dentro da própria casa da criança. Ou seja, na pandemia, ela ficou trancafiada em casa com o seu abusador, sem que ninguém pudesse identificar os sinais de violência", diz a juíza Hertha Helena de Oliveira, coordenadora do projeto.

Relatório do Instituto Sou da Paz, feito em parceria com o MPSP (Ministério Público de São Paulo) e o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), indica que a pandemia favoreceu a subnotificação de crimes sexuais contra crianças. Além da situação sanitária, o Disque 100, que recebe esse tipo de denúncia, sofreu um desmonte sob o governo Jair Bolsonaro (sem partido).

O projeto Eu Tenho Voz começará a circular por escolas estaduais nas próximas semanas para ajudar no acolhimento das crianças no retorno às aulas.

A iniciativa foi criada em 2016 pelo Ipam (Instituto Paulista de Magistrados) para prevenir crimes de abuso sexual, físico e psicológico contra crianças e adolescentes. Até o ano passado, o projeto funcionava com visitas às escolas, onde as crianças assistiam a uma peça de teatro sobre o assunto e recebiam orientações dos juízes. Em 2019, 22 escolas receberam o projeto e em apenas 1 delas não houve nenhuma criança que procurou ajuda. Nas demais, foram feitas 95 denúncias -42 delas sobre abusos sexuais.

"As vítimas têm medo de contar, e até mesmo de entender, o que está acontecendo em casa. Por isso, é importante que a escola saiba acolhê-la", diz Tânia Ahualli, presidente do Ipam.

Com a retomada das aulas presenciais nas escolas estaduais de São Paulo, as juízas decidiram retomar o projeto que não pôde acontecer durante a pandemia. No entanto, como elas ainda não podem frequentar as unidades pelas restrições de segurança ao Covid-19, decidiram alterar o formato.

O projeto irá neste ano focar em aulas de formação para os professores para que eles possam identificar sinais de abuso nos alunos e ajudá-los a contar o que estiverem passando.

"A criança costuma dar sinais de que está sendo violentada, mas é preciso saber identificá-los e depois dar segurança para que ela relate o abuso. Ela precisa se sentir segura", diz Oliveira.

Depois da formação dos professores, o programa irá levar filmes que ajudem as crianças a identificar e entender os abusos. Foram filmadas quatro histórias que tratam do assunto de forma acessível para alunos de até 4 anos de idade.

Uma das histórias, por exemplo, é sobre uma fada que é dissuadida por uma sombra para deixá-la tocar em sua asa. A fada perde o brilho quando é tocada pelo outro personagem e só consegue recuperá-lo quando conta o ocorrido para a mãe.

Com o novo formato e a formação dos professores, as juízas acreditam que possam alcançar um número maior de crianças e adolescentes. A previsão é de que nos primeiros meses seja possível dar o curso a 300 professores da rede estadual.

Fonte: Bahia Notícias

Decisão do STF sobre demissões em massa sem negociação com sindicatos é adiada

Decisão do STF sobre demissões em massa sem negociação com sindicatos é adiada

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu o julgamento sobre a legalidade de demissões em massa sem prévia negociação com sindicatos. A informação foi divulgada pela Agência Brasil nesta quinta-feira (25). A suspensão aconteceu após um pedido de destaque do ministro Dias Toffoli.

O tema era julgado em um recurso com repercussão geral pautado no plenário virtual, em que os ministros têm prazo para votar por escrito remotamente. O julgamento seria encerrado na terça-feira (23). Não há prazo definido para que o assunto volte a ser discutido.

Com o pedido de destaque, o caso deve ser remetido ao plenário físico. Durante a pandemia, as discussões estão acontecendo ao vivo por videoconferência. Agora, cabe ao presidente do STF, Luiz Fux, colocar o assunto novamente na pauta de julgamentos.

No caso que embasa a discussão no Supremo, é questionada a dispensa coletiva de 4 mil funcionários pela Embraer em 2009. Ainda segundo a Agência Brasil, no geral o entendimento da Justiça do Trabalho tem sido de que é necessária a negociação prévia com os sindicatos antes das demissões em massa.

Neste mês, por exemplo, diferentes liminares concedidas por juízes trabalhistas proibiram a Ford de demitir funcionários de fábricas na Bahia e em São Paulo, após a montadora ter anunciado o encerramento da produção no Brasil.

Fonte: Bahia Notícias

Brumado: Cabos e fios soltos preocupam moradores do bairro São José

Brumado: Cabos e fios soltos preocupam moradores do bairro São José

A enorme quantidade de fios caídos em calçadas e ruas de Brumado tem preocupado os moradores da cidade. Todos temem que alguém possa se ferir ao tocar as fiações, de telefonia e de fibra ótica. Por onde se anda na Capital do Minério, nos bairros ou no centro, pode se ver fiações caídas ou soltas. No bairro São José, segundo o morador Alexandre Silva, existem fiações soltas em diversos locais, na porta de escola e em frente aos comércios. “Tem fiação caída há mais de um ano e meio e ninguém toma as devidas providências. Um idoso, um adulto e até crianças podem morrer eletrocutadas se esbarrar nessas fiações. Alguém tem que tomar alguma providência”, cobrou. Como são tantos fios caídos pela cidade, alguns moradores ou comerciantes, fazem “gambiarras” para manter a fiação numa altura que não coloque em risco as pessoas. 

Brumado: Cabos e fios soltos preocupam moradores do bairro São José

Na Rua Sandra Batista no bairro São José, os moradores tiveram que improvisar uma sinalização com sacolas para que motociclistas não sofram acidentes com fios dependurados. "Desde ontem [24] meio dia que esse fio ta assim aqui, já afetou até a iluminação do poste, que não acende mais", conta. Para passar com o seu veículo, Neto Silva teve que segurar o fio com uma das mãos na Rua Padre Cicero. "Isso aqui é uma das necessidades que o bairro vem sofrendo. Se um motociclista passar correndo aqui e não ver esse fio, ele vai sofre um acidente", disse o morador. 

Fonte: Brumado Urgente

Covid-19: Governador anuncia lockdown a partir de sexta-feira, confira a programação

Covid-19: Governador anuncia lockdown a partir de sexta-feira, confira a programação

Em uma live no fim da manhã desta quinta-feira (25) o governador da Bahia, Rui Costa, anunciou que terá o lockdown a partir das 18h desta sexta-feira (26) até às 05h de segunda-feira (1º de março).

A medida visa conter o avanço do coronavírus na Bahia.

Desde a semana passada o mandatário havia decretado o toque de recolher diário, das 22h às 05h, poucos dias depois antecipou a iniciativa, das 20h às 05h.

A Bahia vive o seu pior momento desde o início da pandemia.

Confira como será o fechamento na sexta, reabrindo só segunda, a confirmar:

17h lojas fechadas
18h bares e restaurantes
20h shopping

Somente os serviços essenciais serão mantidos, a exemplo de supermercados.

Fonte: Brumado Urgente

Toque de Recolher: Rui Costa proíbe venda de bebida alcoólica neste final de semana

Toque de Recolher: Rui Costa proíbe venda de bebida alcoólica neste final de semana

Das 17h de sexta-feira (26) até 5h da próxima segunda-feira (1°), em todo o estado da Bahia está proibida a venda de bebida alcoólica em qualquer estabelecimento, inclusive mercados. A medida foi tomada pelo governador da Bahia, Rui Costa, o qual declarou que q medida faz parte das medidas  para conter o avanço da contaminação por Covid-19 em todo o Estado.

Fonte: Agora Sudoeste

Brumado: Sesau divulga cronograma de vacinação contra a Covid-19 para esta sexta (26)

Brumado: Sesau divulga cronograma de vacinação contra a Covid-19 para esta sexta (26)

Nesta sexta-feira, 26, a Secretaria Municipal de Saúde de Brumado realizará a vacinação contra Covid-19 para trabalhadores da saúde que deverão apresentar comprovação de vínculo de trabalho e idosos de 84 anos ou mais. A vacinação acontece de 08 às 11h30 e das 14h às 16h30, no Cmeas. O público deverá levar cartão de vacinação, documento de identificação e CPF ou CNS.

Fonte: Agora Sudoeste

Bahia tem restrição total de atividades não essenciais a partir desta sexta (26)

Bahia tem restrição total de atividades não essenciais a partir desta sexta (26)

O governador Rui Costa divulgou nesta quinta-feira (25) que a Bahia terá restrição total das atividades não essenciais a partir de sexta-feira (26), até as 5h de segunda-feira (1º), para conter o avanço da Covid-19. De acordo com informações do G1, bares e restaurantes não terão funcionamento presencial em nenhum horário a partir do período de restrição, e a venda de bebidas alcoólicas está proibida durante esse período, mesmo em supermercados. Os shoppings também ficarão fechados no final de semana. O início das restrições, na sexta, será feito de acordo com o seguinte escalonamento: Lojas e comércio de rua: fecharão das 17h de sexta-feira (26) às 5h de segunda-feira (1º).Bares, restaurantes, pizzarias, lojas de conveniência e similares: fecharão das 18h de sexta-feira (26) às 5h de segunda-feira (1º).Shoppings e centros comerciais: fecharão das 20h de sexta-feira (26) às 5h de segunda-feira (1º).Apesar disso, o delivery de alimentos está permitido até a meia noite de sexta, e é preciso que as empresas forneçam transporte próprio para esses trabalhadores. A circulação de pessoas na rua está liberada normalmente, desde que não hajam aglomerações. O transporte público também vai poder funcionar normalmente. O governador não deu detalhes sobre o transporte intermunicipal. Todas as atividades sociais, sejam elas religiosas, políticas ou culturais, também estão proibidas neste período. Atividades físicas coletivas também foram suspensas neste período e atividades individuais, como corridas e caminhadas, podem ser feitas.

Fonte: Agora Sudoeste

Brumado: Centro de Atendimento a Covid atende cerca de 80 pacientes por dia, diz diretor técnico da unidade

Brumado: Centro de Atendimento a Covid atende cerca de 80 pacientes por dia, diz diretor técnico da unidade

Moradores de Brumado e Região com suspeitas de terem contraído a Covid-19, o novo coronavírus ganharam, há cerca de um ano, uma unidade de saúde para poderem receber o primeiro atendimento contra a doença. Atualmente, cerca de 80 pacientes são atendidos pela UPA Covid. O diretor técnico da unidade, Dr. Danilo de Souza Menezes relata que por conta da alta transmissibilidade da doença, a procura pelo atendimento tem aumentado nos últimos quinze dias. "No momento estamos com uma super lotação, não só aqui, mas também em Vitória da Conquista devido à essa elevada procura". Segundo Menezes, nem todo paciente que procura a UPA Covid com suspeitas, se confirma. "A principal manifestação são os sintomas respiratórios, mas existem as manifestações atípicas como vômito, diarreia, does musculares e nas articulações, dores de cabeça e perda do apetite e olfato. Então todos os pacientes que apresentam esses sintomas, ele é notificado como caso suspeito", comenta o diretor técnico.

Brumado: Centro de Atendimento a Covid atende cerca de 80 pacientes por dia, diz diretor técnico da unidade

Após isso, segundo ele, o paciente é orientado, medicado e submetido a realização exames. De acordo com Dr. Danilo, a maior dificuldade é a grande sobrecarga de volume, o que segundo ele, em Brumado tem sido menor. "A estrutura que foi montada em Brumado atende toda a demanda não só da cidade, mas toda uma região. Porque aqui recebemos pacientes de outros municípios. E graças a Deus aqui temos equipamentos que atendem essa demanda. Enfim, destacamos também a nossa equipe que vem se dedicando cada vez mais para salvar vidas", disse. 

Fonte: 97news

Senado aprova que estados, municípios e setor privado comprem vacinas contra a covid-19

Senado aprova que estados, municípios e setor privado comprem vacinas contra a covid-19

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (24) o projeto de lei que autoriza os estados, os municípios e o setor privado a adquirirem vacinas contra a covid-19 (PL 534/2021). O texto também permite que os compradores assumam a responsabilidade civil pela imunização, o que abre caminho para a entrada de novas variedades de vacina no país. O projeto segue para a Câmara dos Deputados. Pelo texto, a compra por estados e municípios fica autorizada para casos em que o governo federal não cumpra o Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19, ou quando a cobertura imunológica prevista pela União não for suficiente. A norma se escora em decisão proferida nesta semana pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou constitucional a iniciativa dos entes da federação nessas mesmas hipóteses. Além disso, quando fizerem a aquisição por conta própria, os estados e municípios, como regra, não usarão recursos próprios, e deverão ter ressarcimento da União pelo valor desembolsado. Apenas em casos excepcionais os entes da Federação serão responsáveis por custear a compra. Já o setor privado fica obrigado a doar todas as doses compradas para o Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto estiver em curso a vacinação dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. Após a conclusão dessa etapa, as empresas poderão ficar com metade das vacinas que adquirirem, e elas deverão ser aplicadas gratuitamente. A outra metade deverá ser remetida ao SUS.

Fonte: Agora Sudoeste

Brumado: Morre vítima de Covid-19 Elielson Santos, ex-coordenador do Metanóia

Brumado: Morre vítima de Covid-19 Elielson Santos, ex-coordenador do Metanóia

O ex- coordenador do Centro de Recuperação Metanóia, Elielsom Santos, 42 anos, faleceu na manhã desta quinta-feira (25) devido a complicações em decorrência da Covid-19. Ele foi internado na UPA na quinta-feira (18), com falta de ar, e no último domingo precisou ser entubado e encaminhado ao Hospital Municipal Professor Magalhaes Neto (HMPMN), onde faleceu. Elielson era natural de São Paulo.

Fonte: Agora Sudoeste

Brumado: com demanda crescente, chegam novos caminhões trazendo oxigênio para o Centro de Atendimento à Covid-19

Brumado: com demanda crescente, chegam novos caminhões trazendo oxigênio para o Centro de Atendimento à Covid-19

Como foi atestado pela SESAU, Brumado vive o pior momento da pandemia, com um aumento muito significativo no número de novos casos, como também de algumas reinfecções e, o que é pior, praticamente com a certeza da presença de algumas variantes como a de Manaus. Com isso o número de internações no Centro de Atendimento à Covid-19, localizado no Bairro da Malhada Branca, aumentou de forma considerável, chegando ao limite. Então, devido a isso, os estoques de oxigênio foram ampliados, tanto que, somente essa semana, dois caminhões trouxeram novas cargas para garantir a vida dos pacientes. Com o estrangulamento iminente, visando garantir o atendimento de possíveis novos casos, o secretário de saúde, Claudio Feres, já sinalizou que será montada uma nova unidade no HMPMN, onde fica a capela. O município que ainda não efetuou alterações na rotina comercial da cidade, contando apenas com o toque de recolher, caso não haja queda na curva dos contágios, irá ter que adotar medidas restritivas mais severas.

Fonte: Brumado Urgente

Para conter o avanço da Covid-19, Prefeitura de Guanambi decretará fechamento total de atividades a partir desta segunda-feira

Para conter o avanço da Covid-19, Prefeitura de Guanambi decretará fechamento total de atividades a partir desta segunda-feira

Em anuncio a secretária de Saúde de Guanambi, Roberta Mota, anunciou no início da noite desta quarta-feira (24), que para conter o avanço da Covid-19 na cidade, o prefeito Nilo Coelho vai implantar fechamento total de atividades (lockdown) no município durante dez dias, a partir da próxima segunda-feira, dia 1º de março. O anúncio foi feito diante do colapso da rede de leitos clínicos e de semi-intensivo do Pronto Atendimento (PA Covid) e Hospital Municipal, além da rede de UTI de Vitória da Conquista, unidade de referência para a região sudoeste. Somente atividades consideradas de extrema necessidade poderão funcionar. As regras gerais serão anunciadas em decreto que será publicado em Diário Oficial até esta sexta-feira. O comunicado foi realizado após reunião da secretária com todos os secretários municipais e o prefeito Nilo Coelho, e foi feito com antecedência para que os setores econômicos e toda sociedade se preparem para a medida. No Boletim desta quarta-feira (24), foram registrados 23 óbitos, 17 pacientes internados, 170 casos ativos, 156 aguardam resultado e 52 positivados nas últimas 24 horas. O Hospital Municipal e a UTI de Vitória da Conquista estão com 100% de ocupação, UTI´s de Salvador estão com 84% e o PA Covid de Guanambi com mais da metade de sua capacidade ocupada.

Fonte: Agora Sudoeste

Covid-19: Rui Costa prevê que 50% da população esteja vacinada até o meio do ano

Covid-19: Rui Costa prevê que 50% da população esteja vacinada até o meio do ano

Em entrevista à TV Record, o governador Rui Costa afirmou que em uma previsão "muito otimista", 50% da população do estado poderá estar vacinada no meio do ano. Durante a entrevista, Rui foi ainda  questionado sobre a velocidade que se poderá vacinar a população. "Isso tudo vai depender... Se ficasse dependendo do ritmo apenas do ministério, trabalhando com duas vacinas, poderia dizer que eu não acreditaria, como não acreditei naquele cronograma apresentado". Ele ainda completou: "Já na primeira entrega não cumpriu o cronograma. Agora, com essa possibilidade de utilizar outras vacinas, que já estão aprovadas no mundo inteiro, somente a Anvisa achava que não deviam ser utilizadas, aí sim. A gente abre o leque", ressaltou, citando vacinas que ainda não estão no país, como a da Moderna.  O governador voltou a criticar a Anvisa, agência que regula as vacinas no país, pelo que considera uma lentidão prejudicial apoiando a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que permite que estados e municípios comprem vacinadas aprovadas de outros países. “Com essa decisão, me animo mais para que a gente consiga uma celeridade maior na vacinação. Não necessariamente por quem vai comprar, mas pela situação do STF de acabar com a posição de refém que o povo brasileiro estava da Anvisa. Anvisa insensível assistindo à morte dos brasileiros sem fazer nada. A decisão do STF libertou o Brasil da Anvisa e podemos correr atrás de outras opções de vacinas".

Fonte: Agora Sudoeste

Brumado: devido ao aumento dos casos de Covid-19, cirurgias eletivas são suspensas por um mês

Brumado: devido ao aumento dos casos de Covid-19, cirurgias eletivas são suspensas por um mês

Em entrevista na tarde desta quarta-feira (24), o secretário municipal de saúde, Cláudio Feres comunicou a suspensão por um mês das atividades eletivas de saúde no município de Brumado. "O número de pacientes internados vem aumentando nas últimas semanas, sendo necessário regular pacientes da UPA Covid para os hospitais referências em Conquista. Hoje, temos 5 pacientes com Covid-19 no Hospital Professor Magalhães Neto com covid. Com isso, vamos criar 10 novos leitos na capela do Hospital. Já falei por telefone com a equipe da Sesab, solicitando o credenciamento desses 10 leitos clínicos para desafogar. Apesar de pouco, os 10 leitos, mas já é alguma coisa para atender não só Brumado, mas também toda região. Estamos também tendo problemas com as compras de insumos, por exemplo, caixa de luva que há um ano atrás comprávamos por R$ 14,00 além de ter aumentando para R$ 120,00 estamos tendo dificuldade de compra. Vamos manter os atendimentos de urgência e emergência, os procedimentos eletivos vamos suspender por 30 dias. Na policlínica vamos manter os serviços para as nossas gestantes, oncologia, renal crônico, pós- operatório  Todos os serviços que identificarmos como de urgência e emergência vamos providenciar o atendimento, mas tudo aquilo que for eletivo, que puder esperar, vamos suspender durante 30 dias por conta dessa possível falta de material, devido a falta de materiais por conta dos altos preços e dificuldade de compra", explicou o secretário. Feres ainda pediu a compreensão da população sobre essa suspensão. "Pedimos a colaboração de toda a população brumadense. Durante o mês de março nós estaremos suspendendo os atendimentos, cirurgias no hospital, consultas em procedimentos na policlínica, e os programas da atenção básica, porque a nossa equipe da atenção básica também faz o acompanhamento e monitoramento dos pacientes com Covid", explicou.

Fonte: Agora Sudoeste

Brumado chega a 29 internações por conta da Covid-19

Brumado chega a 29 internações por conta da Covid-19

Nesta quarta-feira (24), Brumado registrou 4.905 casos confirmados da Covid-19, o novo coronavírus. São 13.413 notificações. Entre os diagnósticos: 29 internações, 58 óbitos, 292 pacientes em tratamento e 4.555 recuperados. No momento, 117 pessoas aguardam resultado laboratorial e 7.881 foram descartados. As notificações suspeitas abrangem pacientes com quadros de síndromes gripais diversas, dentre os quais alguns se encaixam nos critérios para realização do exame RT-PCR ou via teste rápido. Estes últimos estão sendo usados de forma criteriosa, em casos excepcionais, como estratégia para ampliar e tornar mais eficaz o enfrentamento à pandemia no município.

Fonte: Agora Sudoeste